Daíra canta Belchior & novos lançamentos neste sábado, 5, em Rio das Ostras

“Prêmio Esperança Equilibrista” traz nomes da música local durante apresentações dos finalistas das categorias poesia e composição musical

O Prêmio Esperança Equilibrista vai movimentar o próximo final de semana em Rio das Ostras. Os 10 finalistas selecionados pelo voto popular nas categorias poesia e composição musical se apresentam na Concha Acústica, no Centro. Para incrementar a programação, a cantora Daíra fará um show no sábado, dia 5, em homenagem ao cantor Belchior, às 20h. No mesmo dia, às 18h, Renata Cabral abre a programação. Os intervalos ficarão com a “discotecagem” da DJ Nanda Machado.

No domingo, 6, os cinco mais pontuados em cada categoria no dia anterior, voltam à Concha Acústica para tentar os prêmios de R$ 4 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil.  A programação começa às 16h com Rodolpho Mendes e Léo Reynier. Às 17h, o Projeto Choro da Maria, da Fundação Rio das Ostras de Cultura, dá sequência e às 19h, Cláudia Falcão encerra a programação musical.

Todas as obras participantes abordam o tema do bicentenário da Independência do Brasil, celebrado em 2022. O objetivo do prêmio é dar espaço, fomentar a economia e reconhecer localmente produções de obras artísticas nas áreas de Literatura e Música.

O Prêmio integra o edital “Retomada Cultural 2”, da Secretaria de Estado e Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro – Sececrj, pelo programa Pacto Cultural RJ de Fomento à Arte, e conta com o apoio da Prefeitura de Rio das Ostras, por meio da Fundação de Cultura.

CLASSIFICADOS

Os selecionados para poesia foram:

– Jonathan de Oliveira Mendonça

Obra: Negra Independência

Número de votos:  4914

– Eduardo dos Santos Arruda

Obra: (In)dependência ou Pseudoindependência

 Número de votos: 4010

– Cíntia dos Santos Rocha

Obra: Liberdade ou invasão?

Número de votos: 2943

– Vania Lopes de Carvalho

Obra: O grão de coragem

Número de votos: 2503

– Thiago de Almeida Silva

Obra: Nossa Bandeira

Número de votos: 2165

– Kézia Bastos Figueiredo

Obra: Futuro do Pretérito

Número de votos:  1974

– Priscila Wandalsen Mendonça de Castro

Obra: Grito

Número de votos: 1209

– Jheniffer Stofel Braga

Obra: Amalgamar Brasil e Independência

Número de votos: 763

– Dâmaris Moraes Moreno

Obra: Independência com pendências

Número de votos:  627

– Cintia Beghini Rosa

Obra: Redescobrir

Número de votos: 616

Os selecionados na categoria música foram:

– Cristian Ribeiro Barbosa

Obra: Independente de quem nunca

Número de votos: 731

– Tarcizio Freire da Costa

Obra: Oh! Mãe Gentil

Número de votos: 730

– Danilo Nagib Queiroz de Mattos

Obra :Sobre Silêncios

Número de votos: 641

– Athila Goyaz

Obra: O homem proclamou

Número de votos: 522

– Claudia Maria Falcão Oliveira

Obra: Diário de um translado

Número de votos: 376

– Diogo Viana Spadaro

Obra: De Dom Dom

Número de votos: 288

– Nilton Cesar Meneses Gomes

Obra: Brasil Pátria Amada

Número de votos: 232

– Thatiane de Souza Dias Ribeiro

Obra: Rito de Independência

Número de votos: 137

– Carlos Eduardo Lopes Fagundes

Obra: Um novo grito do Ipiranga.

Número de votos: 16

– Washington Luis Ribeiro Cardoso Pires Junior

Obra: Reação

Número de votos: 2

Compartilhe essa notícia:

Veja também...

Cultura

Escritora riostrense lança livro de fantasia

Para alegria dos amantes da boa leitura, a escritora riostrense Juliana Ramos está lançando o seu sexto livro: “O Elo de Cally”, pela editora Flyve.