Fundação de Cultura promove oficinas para alunos de Rocha Leão

Como contrapartida na revitalização da Praça do Trem, dentro do Programa “Laboratório de Cidades Criativas”, a Fundação Rio das Ostras de Cultura está promovendo esta semana uma oficina para os estudantes da Escola Municipal Rocha Leão com o tema: Educação Patrimonial. Ministrada pelo servidor Márcio Cerqueira, as oficinas abordaram aspectos históricos do Município, com um olhar atento para questões da localidade. Os alunos do 4º ao 9º ano foram divididos em turmas que assistiram as palestras na segunda, 23; terça, 24; e nesta quarta, 25.

De acordo com Márcio Cerqueira, a Oficina é uma forma de conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação do patrimônio público. “É muito gratificante ver que, por intermédio de uma palestra, é possível sensibilizar os jovens da importância dos patrimônios culturais e naturais, incentivando sua preservação e sentimento de pertencimento de Rocha Leão”, disse.

Para o aluno do 5º Ano, Nicollas Almeida Lacerda, de 10 anos, a oficina foi muito importante. “Gostei muito porque aprendi coisas importantes sobre Rocha Leão. Eu não sabia, por exemplo, que a antiga estação, que hoje é o Centro Ferroviário de Cultura, foi erguida com pedras. Também foi legal saber que devemos preservar os locais que são uteis para todos nós”, contou.

LABORATÓRIO DE CIDADES CRIATIVAS – O Município foi contemplado no Programa “Laboratório de Cidades Criativas”, que busca a transformação Social e a democratização do acesso à cultura e às artes a partir de uma ressignificação da cultura como agente de desenvolvimento e promotora da erradicação da pobreza, democracia, participação social, consumo responsável, educação, aquisição de novas habilidades e formação do senso crítico.

Na Praça do Trem, em Rocha Leão, a finalidade é promover ações de intervenção urbana, revitalização e ocupação cultural em praças públicas. A reestruturação dos espaços será feita com técnicas de urbanismo tático — em que a população local é protagonista do processo de reapropriação do espaço urbano —, e Retrofit, um tipo de modernização espacial realizada no espaço sem retirar seus elementos originais históricos e arquitetônicos. Os impactos dessas transformações incluem uma dinâmica social que valoriza as territorialidades, a inteligência coletiva e uma melhor qualidade de vida, segurança e bem-estar da comunidade e seu entorno. No local serão instalados kits de mobiliário urbano e realizadas pinturas instalativas.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...

Cultura

Rádio Web Froc ultrapassa os 50 mil ouvintes

Com apenas quatro meses no ar, pode-se dizer que a Rádio Web Froc é um sucesso, principalmente de audiência. Neste período o número de pessoas