Programação musical vai agitar o “No Quintal” da Casa de Cultura Bento Costa Jr

Com uma programação bem animada e com vários estilos, a programação do “No Quintal” da Casa de Cultura Bento Costa Jr, do próximo sábado, dia 6, tem tudo para agradar a quem gosta de uma boa música.

As portas da Casa de Cultura estarão abertas a partir das 13h e, antes das apresentações começarem, o público vai poder conhecer o artesanato local com a exposição dos trabalhos dos artistas riostrenses.

A programação começa a partir das 13h30, ao som de um instrumento que foi trazido para o Brasil pelos escravos angolanos, por conta da Oficina de Berimbau e Maculelê, que será ministrada pelo Mestre Mistério.

O Maculelê é uma arte que é considerada uma expressão teatral que conta, por intermédio da dança e de cânticos, a lenda de um jovem guerreiro que, sozinho, conseguiu defender sua tribo de outra tribo rival usando apenas dois pedaços de pau, tornando-se o herói que ganha a atenção do público por ser dinâmica e rítmica. Já a oficina de berimbau vai mostrar como produzir e tocar o instrumento.

A segunda atração, às 14h30, é a apresentação da Onda de Sopro Big Band, criada em 2016 e formada por estudantes e ex-alunos do Centro de Formação Artística de Música, Dança e Teatro da Fundação Rio das Ostras de Cultura.

O conjunto é uma variação do modelo tradicional de Big Band e conta com três flautas, dois clarinetes, um saxofone soprano, quatro saxofones altos, dois saxofones tenores, um saxofone barítono, piano, baixo, guitarra, violão, bateria e percussionistas. No entanto, um dos objetivos é procurar uma forma de contato com as obras de grandes compositores, adaptando os arranjos para atender às necessidades do projeto, por conta da sua formação instrumental.

Em seguida, Micha Devellard promete um show com muito rock e MPB, a partir das 15h30. Finalizando a tarde, Rodolpho Mendes vai apresentar um repertório variado de clássicos da MPB, além de músicas autorais.

Todos os protocolos de Segurança e Saúde para evitar a possibilidade de transmissão e contágio do Covid decretados pelo Município serão respeitados. O uso de máscara facial é obrigatório e o ingresso do público é condicionado a aferição de temperatura na entrada.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...