Biblioteca Municipal conta com audiobooks para todas as idades

Como forma de garantir o acesso à literatura para todos, a Fundação Rio das Ostras de Cultura disponibiliza, na Biblioteca Municipal, um acervo de audiobooks destinado às pessoas com deficiência visual que queiram viajar pelo mundo mágico da leitura.

Como o próprio nome já indica, os audiobooks são gravações de voz do texto de um livro – dessa forma você pode ouvi-los, em vez de ler. Sua utilização é de suma importância para o estudo de literatura por pessoas com deficiência visual, pois esse formato de livro facilita o acesso às obras literárias que, de modo geral, ampliam a visão de mundo do leitor-ouvinte que refletirá criticamente sobre a realidade.

Dentre os títulos disponíveis estão variados gêneros que vão desde clássicos nacionais como “Iracema”, de José de Alencar e “A Morte e a Morte de Quincas Berro D’Água”, de Jorge Amado, até “Contos de Voltaire”, “Contos de Edgar Allan Poe” e “Contos Maravilhosos de Tolstói”, passando ainda por “Esaú e Jacó”, de Machado de Assis e “Noites na Taverna”, de Álvarez de Azevedo. Para as crianças, está disponível o conto de Lewis Carroll, “Alice no País das Maravilhas”, além de outros títulos.

De acordo com a bibliotecária Rízia Gidalte, responsável pela unidade, a inclusão de audiobooks no acervo da Biblioteca Municipal é importante porque é uma forma de beneficiar todas as pessoas que gostam de conhecer histórias da literatura nacional e internacional. “Nós temos um espaço reservado para aqueles que queiram ouvir os audiobooks aqui na biblioteca. Quem quiser retirar para ouvir em casa também pode”, declarou.

IMPORTÂNCIA – Os audiobooks são importantes porque, enquanto o usuário escuta, ele pode perceber e aprender como o narrador está pronunciando palavras diferentes. Isso também ajuda a entender como funciona a velocidade de leitura, as pausas, as tensões e as entonações, contribuindo não só na alfabetização, mas também no estudo de outras línguas.

Ler um livro é uma tarefa solitária, mas a audição dos audiobooks pode ser considerada uma grande experiência porque várias pessoas podem ouvir ao mesmo tempo. Isso permite notar diferentes tipos de reações, além de ter um componente social que pode tornar a atividade algo mais interativa.

 

BENEFÍCIOS – Dentre os benefícios do audiobook estão a ajuda na alfabetização de jovens leitores – expandindo o vocabulário e melhorando a fluência, o fato de que muitas informações são processadas no cérebro simultaneamente enquanto se escuta uma versão em áudio de um livro, o aprendizado e a percepção de como o narrador está pronunciando palavras diferentes, a facilidade e a possibilidade de aproveitar melhor o tempo com multitarefas, já que muitas pessoas adoram ouvir audiolivros na academia, caminhando, no transporte público, dirigindo, cozinhando, limpando a casa ou, até mesmo, tomando banho.

BIBLIOTECA MUNICIPAL – Criada em 1995, a Biblioteca ganhou sede própria no ano de 2000. Em seu acervo constam cerca de 47 mil títulos entre obras literárias, didáticas e referenciais, além de material em audiobook para deficientes visuais. A Biblioteca ainda promove exposições, oficinas de leitura e escrita e o Projeto Encontros Literários.

Quem quiser retirar um livro ou audiobook para leitura, pode entrar como sócio na Biblioteca. Basta apenas apresentar Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone) e uma foto 3X4. A vantagem de ser sócio é ter acesso a todo acervo da Biblioteca, sem pagar nada, totalmente gratuito, além de poder conhecer grandes obras e autores da literatura nacional e internacional.

É importante ressaltar que uma biblioteca não pode ser vista apenas como um depósito de escritos, mas acima de tudo como um espaço voltado a pesquisas para construção de saberes, ou seja, um espaço em que a sociedade em geral tenha o hábito de frequentar. O papel social das bibliotecas, além da disseminação da informação, é também, a inserção das comunidades em geral ao conhecimento e suas práticas.

A Biblioteca Municipal fica na Avenida Amazonas, s/n, no Centro e o seu horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...

Cultura

Rádio Web Froc ultrapassa os 50 mil ouvintes

Com apenas quatro meses no ar, pode-se dizer que a Rádio Web Froc é um sucesso, principalmente de audiência. Neste período o número de pessoas