Audiência da Rádio Web Froc não para de crescer e já ultrapassa os 100 mil ouvintes

O sucesso da Rádio Web Froc, canal de comunicação da Fundação Rio das Ostras de Cultura, é pujante. O canal foi criado para valorizar e prestigiar os artistas e músicos da região que têm pouco espaço para apresentar seus trabalhos autorais. Com uma audiência crescente nos primeiros cinco meses de criação, o número de ouvintes ultrapassou a marca de 100 mil na primeira semana de agosto.

Disponível nos sites da Fundação de Cultura (www.fundacaoriodasostrasdecultura.rj.gov.br ) e da Prefeitura de Rio das Ostras (www.riodasostras.rj.gov.br), a Rádio Web também conta com um aplicativo que pode ser baixado via Google Play e permite que o ouvinte tenha acesso à programação, 24h por dia, direto pelo celular.

Esse canal de comunicação também tem como objetivo ampliar a divulgação das ações e serviços promovidos pela própria Fundação e de suas unidades culturais, além de outras produções artístico-culturais promovidas.

De acordo com a presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, Cristiane Regis, o trabalho desenvolvido na rádio é importante porque mostra a valorização do artista local. “Esse é mais um espaço onde podemos disseminar a Cultura, além de incentivar os artistas da Cidade a apresentarem suas composições autorais. Essa é uma questão fundamental para todos nós. Nesse período, contamos com quase 30 músicos diferentes da região que apresentaram mais de 200 músicas autorais”, declarou.

Outro ponto apontado pela presidente para o sucesso é a parceria com a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura. “Estamos levando informação e entretenimento às pessoas e quanto mais parceiros tivermos, melhor. Desde que a Rádio foi disponibilizada no site da Prefeitura, conseguimos atingir um maior número de pessoas e isso é fundamental para o crescimento”, lembrou Cristiane.

PROGRAMAÇÃO – Com uma programação 24h por dia voltada para a Música Popular Brasileira, a Rádio Web Froc conta com alguns programas específicos produzidos pela equipe de Comunicação da Fundação. grade estão  “O Som da Cidade”, voltado especificamente para os músicos da região mostrarem suas composições autorais; o “Toque Musical”, que retrata a história e as curiosidades sobre um tema específico, normalmente um ritmo musical; além de programas sobre o Carnaval, Tropicália, Jazz e Blues, a origem do Rock, do Rock nacional e rural e do movimento do Clube da Esquina, por exemplo.

O “FrocCast”, podcast cultural que fala sobre as ações e serviços da Fundação e assuntos ligados à cultura de uma forma geral, é outro programa que compõe a grade da Rádio, bem como o “Fique Ligado… Fique por Dentro”, que é um programa jornalístico com matérias relacionadas à Cultura de uma forma geral.

O Soul da Casa dá oportunidade ao público de curtir as apresentações realizadas pelo Projeto no Teatro Popular, em qualquer lugar. No mês de julho, o Programa “Top Hits” entrou na programação e apresenta, a cada semana, grandes sucessos de um artista ou de uma banda ou uma revelação da MPB, contando um pouco da sua carreira.

NOVIDADES – A equipe de Comunicação está trabalhando para produzir novos programas para compor a grade diária da rádio. Estão previstos um de esporte, um para o público infantil e outro com os artistas da Região. A previsão é de que sejam lançados ainda no segundo semestre deste ano.

CONVITE – A Fundação convida os artistas interessados em fazer parte da programação da Rádio Web Froc a se inscreverem pelo e-mail radiowebfroc@gmail.com.  Os interessados devem ser maiores de 18 anos e podem encaminhar quantos materiais desejarem. Caso o autor seja menor de idade, ele deve estar devidamente representado por seu responsável legal. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até às 23h59 de 31 de dezembro de 2024, horário de Brasília.

As inscrições devem conter cópia da carteira de Identidade,  CPF, e um portfólio contendo a comprovação de, no mínimo, um ano de atuação social/profissional nas áreas artística e cultural no Município de Rio das Ostras, ou comprovante de residência,  que ateste o mesmo período, em conformidade com a Lei nº 2.051/2017. Além disso, deve anexar também o material fonográfico em formato mp3, com qualidade de gravação, que possibilite a veiculação pública.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...