Search

Caro visitante, gostaríamos de informar que, em conformidade com a Lei nº 9.504/1997, Art. 73, VI, b, nosso portal terá um conteúdo limitado durante o período eleitoral. Pedimos desculpas por qualquer inconveniência que isso possa causar e agradecemos sua compreensão.

Cultura leva clima praiano de Rio das Ostras para estande da Cidade do Jazz

Que tal assistir o maior evento de Jazz & Blues do Brasil curtindo as belezas da cultura riostrense em um clima bem praiano? Pois bem, é isso que a Fundação Rio das Ostras de Cultura vai proporcionar ao público que for prestigiar a Cidade do Jazz, em Costazul, na 20ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, que começa nesta quinta-feira, dia 30 de maio.

O espaço da Cultura está sendo criado pelas equipes da Casa de Cultura e da Fundição de Artes e Ofícios de forma que o visitante se sinta como se estivesse em uma das praias da Cidade. A cenografia está sendo elaborada com esteira, papelão e material de reaproveitamento para criação de coqueiros, sol e paisagens praianas.

De acordo com a presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, Cristiane Regis, a criatividade, mais uma vez, será a tônica da decoração que vai contar com um espaço instagramável surpresa para que o público possa tirar fotos. “Como muitas pessoas visitam Rio das Ostras por conta de nossas praias, decidimos trazer este clima para o Festival para unirmos esses dois atrativos da Cidade com a Cultura local, que também é referência em todo o Estado. As pessoas vão curtir o Festival, prestigiar o trabalho dos nossos artistas e ainda assim se sentir na praia’, declarou.

A Fundação também reservou espaço para que os artesãos e artistas da Loja do Artesão Vera Luzente, do Quiosque do Artesão, do Empório da Estação e da Feira Cultura Vila Rainha possam apresentar seus trabalhos. O Clube do Vinil também vai compor o cenário cultural do espaço da Fundação, com a comercialização de LPs de vinil e o som ambiente entre as apresentações. O Baú da Taberna também estará presente com o Brechó Blues.

INTERVENÇÃO – Nos intervalos dos shows do palco principal a Fundação também programou intervenções artísticas com alunos dos cursos de Teatro do Centro de Formação Artística, simulando uma banda de Jazz e Blues.

Compartilhe essa notícia:

Veja também...