Laboratório de Oficinas Criativas promove Oficina de Graffiti em Rocha Leão

A oficina será ministrada por Leandro Ice e as inscrições serão até o dia 13 de julho na Praça do Trem

Além da revitalização e transformação da Praça do Trem, em Rocha Leão, o Programa “Laboratório de Cidades Criativas”, promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, Enel Brasil e Quitanda Soluções Criativas, vai oferecer mais benefício para Rio das Ostras: uma oficina gratuita de grafitte com o instrutor Leandro Ice.

A oficina será realizada nos dias 14 e 15 de julho, na Escola Municipal de Rocha Leão, das 14 às 16h. As inscrições podem ser feitas até a próxima quarta-feira, dia 13, na Praça do Trem. Os interessados devem procurar a responsável pelo Empório da Estação, Marta Elizabete, para garantir a sua vaga. Não percam tempo porque as vagas são limitadas.

INSTRUTOR – Leandro Ice é artista contemporâneo e produtor cultural. Sua trajetória na arte se iniciou aos três anos, por incentivo de sua mãe. Com o passar dos anos, começou a ministrar oficinas em ONGs e projetos sociais, através de oficinas para crianças e jovens da favela. Para o LAB Cidades Criativas, Ice assina o mobiliário artístico e é produtor na equipe Rua Walls.

De acordo com a presidente da Fundação de Cultura, Cristiane Regis, o bom relacionamento com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, por conta do trabalho desenvolvido no Município, que é uma referência em todo o Interior, tem gerado grandes conquistas para Rio das Ostras. “Só a Praça já é uma grande conquista para a localidade. Agora esta oficina vai permitir com que os nossos artistas tenham uma qualificação maior por conta do intercâmbio de outros profissionais de renome da área. Com isso, a Cultura da nossa Cidade só tem a ganhar”, declarou.

“LABORATÓRIO DE CIDADES CRIATIVAS” – O Programa “Laboratório de Cidades Criativas” busca a transformação Social e a democratização do acesso à cultura e as artes, a partir de uma ressignificação da cultura como agente de desenvolvimento e promotora da erradicação da pobreza, democracia, participação social, consumo responsável, educação, aquisição de novas habilidades e formação do senso crítico.

Na Praça do Trem, em Rocha Leão, a finalidade é promover ações de intervenção urbana, revitalização e ocupação cultural em praças públicas. A reestruturação dos espaços está sendo feita com técnicas de urbanismo tático — em que a população local é protagonista do processo de reapropriação do espaço urbano —, e Retrofit, um tipo de modernização espacial realizada no espaço sem retirar seus elementos originais históricos e arquitetônicos. Os impactos dessas transformações incluem uma dinâmica social que valoriza as territorialidades, a inteligência coletiva e uma melhor qualidade de vida, segurança e bem-estar da comunidade e seu entorno. No local serão instalados kits de mobiliário urbano e realizada pinturas instalativas.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...