Pontos de ônibus de Rio das Ostras são invadidos com arte

A espera pelo transporte coletivo ficou muito charmosa em Rio das Ostras. O artista plástico de StreetArt, Luz Maia, promoveu uma intervenção artística, com a técnica do Lambe Lambe, em vários pontos de ônibus da Cidade, abrindo novas frentes de atuação e visibilidade para a arte fora dos espaços tradicionais.

Com o objetivo de inserir a ação nas ruas de forma impactante e propor reflexões sobre a cultura local e suas relações com o meio ambiente.

Ao todo, 10 pontos de ônibus da Cidade, que já possuem painéis, localizados por toda extensão da Rodovia RJ 106, receberam as intervenções que são inspiradas na fauna e flora marinha do Município. Todos os painéis confeccionados receberam legenda com identificação científica das espécies retratadas, contribuindo para conscientização da importância de preservar o bioma local, que é um conjunto de vida vegetal e animal, constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação próximos e que podem ser identificados em nível regional, com condições de geologia e clima semelhantes.

De acordo com o artista, dentre os objetivos do Projeto estão o combate à poluição visual presente nos painéis dos pontos de ônibus da Cidade, por intermédio da revitalização e a tentativa de inibir práticas de pichações no espaço público, por meio da arte urbana. “A ideia é utilizar da intervenção visual, para a transformação estética dos pontos de ônibus da Cidade, aproximando a arte do Lambe Lambe da população que transita pelo Centro. Este contato diário facilita a democratização do acesso às artes em geral e protege os espaços dos pontos de ônibus de pichações e degradações. Atualmente estes espaços estão degradados, com muitos cartazes colados já rasgados, gerando muita poluição visual em lugares com grande movimento de pessoas diariamente. Também é uma forma de facilitar o acesso à produção artística local, contribuir com a identidade artística e cultural da Cidade e provocar discussão ou reflexão, fazendo com que as pessoas que passam pelos pontos tirem alguns minutos das suas rotinas para questionarem, criticarem, refletirem ou contemplarem as artes”, explicou Luiz Maia.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...

Cultura

Rádio Web Froc ultrapassa os 50 mil ouvintes

Com apenas quatro meses no ar, pode-se dizer que a Rádio Web Froc é um sucesso, principalmente de audiência. Neste período o número de pessoas