Rio das Ostras cadastra artesãos

Secretaria de Turismo, Fundação de Cultura e Governo do Estado farão mutirão na próxima semana

Por Valéria Pinheiro/Ascomti

O Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro estará em Rio das Ostras nos próximos dias 12, 13 e 14 de julho para cadastrar os artesãos locais no Programa do Governo Federal. A iniciativa é uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fundação de Cultura e Governo do Estado.

O atendimento acontecerá na Praça Prefeito Cláudio Ribeiro, na Extensão do Bosque, onde fica a sede da Secretaria de Turismo, na terça e quarta (12 e 13/07), das 10h às 16h, e na quinta-feira (14), das 10h às 13h.

O Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, coordenado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ/TurisRio) tem os objetivos mapear e desenvolver a atividade artesanal nos municípios fluminenses e reconhecer a atividade como geradora de desenvolvimento e registro vivo da história local. Com o cadastramento dos artesãos locais, os profissionais também terão direito a Carteira Nacional do Artesão, documento que reconhece a atividade como profissão.

Os artesãos cadastrados também têm direito a participar das feiras e eventos realizados pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), divulgação do trabalho, ações de qualificação e acesso a microcréditos especiais, destinados aos artesãos.

DOCUMENTAÇÃO – Para fazer o cadastro gratuito o artesão deve levar uma foto 3X4 recente, cópias do comprovante de residência, Carteira de Identidade, CPF, PIS/PASEP ou a última contribuição do INSS (caso tenha). É preciso apresentar um produto finalizado e uma peça inacabada, que deverá ser finalizada no local para avaliação. Podem ser cadastradas até três técnicas diferentes.

O artesão que se inscreveu no Programa antes de 2015 também precisa comparecer ao local para atualização dos dados, também levando os documentos exigidos.

QUALIFICAÇÃO – Devido a importância de desenvolver o artesanato local, a Secretaria de Estado vai qualificar alguns servidores da Secretaria Municipal de Turismo e da Fundação de Cultura para que o cadastramento de artesãos se torne uma ação continuada em Rio das Ostras.

“Estamos empenhados em cadastrar, qualificar, apoiar e divulgar os artesãos para o fortalecimento da classe. O artesanato é um produto turístico, que divulga nossa cultura, nossos costumes e tradições por meio da arte. E nós queremos profissionalizar a atividade no Município para que se torne um meio de geração de renda”, disse Aurora Siqueira, secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...