Rio das Ostras recebe os “Concertos de Natal” da Orquestra Sinfônica Jovem Mariuccia Iacovino

Depois de passar por várias cidades, a turnê “Concertos de Natal”, com a Orquestra Sinfônica Jovem Mariuccia Iacovino, da ONG Orquestrando a Vida, chega a Rio das Ostras. A apresentação será no domingo, a partir das 19h, no Teatro Popular. A entrada é franca, no entanto a Fundação Rio das Ostras de Cultura solicita que, os que puderem, levem um quilo de alimento não perecível que será doado ao Projeto 12 x 25. A retirada do ingresso começará a ser feita uma hora antes do início da sessão, na própria bilheteria do Teatro.

A orquestra Mariuccia Iacovino foi formada em 1995 a partir da inclusão de seu projeto na ONG Orquestrando a Vida e conta com 58 músicos, na faixa etária de 10 a 19 anos, provenientes de áreas de risco social. O espetáculo tem a regência do maestro venezuelano Brian Fleming e a coordenação artística do maestro Hodyllon Martins. O repertório vai passear pelas obras de Leonard Bernstein,Georges Bizet, Guerra Peixe e Ari Barroso, dentre outros.

Todos os protocolos de saúde e segurança determinados pelos Decretos Municipais serão respeitados;

PROJETO SOCIAL ORQUESTRANDO A VIDA – Criado há 26 anos, o Projeto Social Orquestrando a Vida tem como principal objetivo promover o aprendizado musical e a prática artística, oferecendo aos jovens envolvidos uma nova perspectiva de vida com a inclusão social, o desenvolvimento artístico-cultural e a formação do caráter humano.

A turnê “Concertos de Natal” é patrocinada pela Enel Distribuição Rio e Lei Estadual de Incentivo à Cultura – Secretaria de Cultura e Economia Criativa – Governo do Estado Rio de Janeiro e Ministério do Turismo, com o patrocínio da Arteris, apoio do Instituto FAR e o apoio institucional da Fundação Rio das Ostras de Cultura e da Prefeitura de Rio das Ostras. A ação tem a realização Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal – Pátria Amada Brasil e Instituto DellArte.

PROJETO 12 VEZES 25 – Esse projeto veio para Rio das Ostras em 2017 por intermédio do conhecimento de várias ações vindas do Estado de Goiás, onde foi criado. A ideia inicial era promover em todos os meses do ano uma espécie de “Natal” todo dia 25. Mas as demandas cresceram junto com a grande quantidade de ajuda vinda das madrinhas do Projeto.

Durante a pandemia as ações foram desde entrega de cestas básicas como pagamento de contas em atraso, distribuição de kits de higiene e alimentação para pessoas em situação de rua, enxovais, material escolar e até  auxílio para construção e reformas de casas.

O Projeto conta com uma equipe de quatro gestoras: Bárbara Saboya, Livia Soares, Kelly Fernandes e Neiva Santos. “Nossas ações acontecem por sermos pessoas inconformadas com a desigualdade do nosso país. Somos um grupo apartidário e sem vínculos religiosos. Junte-se a nós e aumente essa corrente do bem”.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...