Samba continua sendo o tema dos vídeos das contrapartidas da Lei Aldir Blanc

“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é!” Acompanhando esse pensamento, que já virou até letra de música, a programação dos vídeos produzidos como contrapartida da Lei Aldir Blanc para semana de 11 a 17 de outubro vai ter como tema um instrumento tradicional nos blocos carnavalescos e escolas de samba de todo o Brasil: o Surdo.

Todas as apresentações são reproduzidas às segundas, quartas, sextas e aos domingos, a partir das 10h, na página da Fundação Rio das Ostras de Cultura no Facebook ().

Produzidos pelos integrantes do Bloco Carnavalesco Blocana de Rio das Ostras, os vídeos vão mostrar três tipos de Surdo e a diferença entre cada um deles. Na segunda, dia 11, será apresentado o Surdo de Primeira, que é um tambor cilíndrico de grandes dimensões e som profundamente grave que tem como função principal, no samba, a marcação do tempo.

Na quarta, dia 13, o público vai saber como se toca o Surdo de Segunda, também conhecido como Surdo de Resposta. Esse instrumento é um pouco menor e mais agudo que o primeiro, possui um aro com cerca de 55cm de diâmetro e é tocado no tempo forte do ritmo, no tempo um.

Na sexta, dia 15, o Blocana apresenta o terceiro tipo de Surdo, o terceiro, cortador, rebolado ou “surdinho”. Ele tem diâmetro de cerca de 40 cm e toca um ritmo mais complicado e sincopado , cortando os tempos marcados pelos outros dois surdos.

Já no domingo, dia 17, o vídeo irá mostrar os três instrumentos, apresentados durante a semana, juntos. A combinação dos Surdos fornece a célula rítmica de base para toda a escola de samba.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...

Cultura

Cultura Informa:

A Fundação Rio das Ostras de Cultura informa que as visitas ao Museu de Sitio Arqueológico Sambaqui da Tarioba estão suspensas porque a unidade está