Rio das Ostras participa do Fórum Regional de Turismo

Rio das Ostras participou nesta quarta-feira (29), do Fórum Regional de Turismo Fluminense, edição Costa do Sol, que aconteceu na orla da Praia Campista, em Macaé. O Município, por meio da Fundação Rio das Ostras de Cultura, levou atrações culturais e artesanato para o espaço de exposições. Além disso, a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Aurora Siqueira, participou da discussão sobre a importância da realização de eventos.

CULTURA PRESENTE – Na área externa, em frente ao hotel onde foram realizados os debates, aconteceu uma programação paralela com música, artesanato e culinária dos municípios da Costa do Sol que montaram estandes para visitação do público.

A Cultura de Rio das Ostras marcou presença no espaço de exposições. No estande do Município, foi montada um mini-exposição com peças de artesanato produzidas pelos artistas locais e que ficam permanentes no Ateliê Vera Luzente, que fica nas dependências da Casa de Cultura Bento Costa Jr, além de materiais de decoração da própria Fundação produzidos pela Fundição – Artes e Ofícios.

Outra atração foi o desenhista Mauricio Gonçalves, mais conhecido como Sagui, que ficou fazendo caricaturas do público que visitava o estande.

Para a presidente da Fundação de Cultura, Cristiane Regis, a Cultura é importante porque também é um dos pontos que agregam valor ao turismo. “Os turistas quando visitam as cidades, gostam de ver os pontos turísticos, apreciar a gastronomia do local, passear, mas também buscam o artesanato local como forma de recordação de sua viagem. Rio das Ostras está preparado para atender esses desejos e a Fundação de Cultura está pronta para apresentar a história da nossa terra. Essa parceria do Turismo com a Cultura é fundamental para a cidade”, afirmou a presidente.

A diversidade cultural da região foi o foco das apresentações que contou com o show do grupo Segundo Set, uma das atrações do Jazz e Blues de Rio das Ostras. Quissamã, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia também levaram um pouco da cultura para a programação.

MESA REDONDA – Durante todo o dia aconteceram palestras, debates técnicos e mesas redondas para discutir os diversos aspectos da atividade turística.

A secretária Aurora participou da discussão “A importância do calendário de eventos para a promoção turística” junto com a presidente da Comissão de Turismo da Alerj, deputada Adriana Balthazart; Ivan Martinho, da WSL Latin América; Alexandre Verdade, produtor do Degusta Búzios e o produtor musical do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, Stenio Mattos.

Aurora Siqueira falou da importância do Festival para o Turismo e a Economia da Cidade e de como é fundamental ter um calendário de eventos atraente para incrementar a atividade turística. Aproveitou também para falar como será a próxima edição, que acontecerá de 12 a 15 de novembro próximo.

FÓRUM – O evento, uma realização do Governo do Estado em conjunto com a Prefeitura de Macaé, foi uma oportunidade para unir esforços e planejar o desenvolvimento do setor turístico, dentro do cenário de retomada das atividades. Contou com a presença do secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca, do presidente da Turisrio, Sérgio Ricardo e do vice-presidente da Fecomércio, Julio Freitas. Bernardinho, ex-treinador de vôlei da seleção brasileira, ministrou a palestra “Talento, determinação e foco: novos tempos, novas oportunidades”.

Presente desde o início do evento e acompanhada do subsecretário de Turismo, Igor Pessanha, da assessora Carla Ennes e da presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, Cristiane Regis, a secretária Aurora Siqueira representou o prefeito Marcelino Borba na solenidade de abertura e assinou, junto com o secretário de Estado, o Termo de Cooperação Técnica para o Incentivo do Artesanato.

Compartilhe essa notícia:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também...

Cultura

Cultura Informa:

A Fundação Rio das Ostras de Cultura informa que as visitas ao Museu de Sitio Arqueológico Sambaqui da Tarioba estão suspensas porque a unidade está